Diálogo Noturno com um Homem Vil

De Friederich Dürrenmatt

A peça retrata o diálogo entre um escritor perseguido pelo governo e seu carrasco na noite em que este está encarregado de executa-lo sob ordem estatal. Carregado de ironia, o texto vai discutir temas como justiça, liberdade e o intrigante debate sobre a "arte de morrer".

Um escritor e um carrasco, encontro insólito que por si só é revelador de uma situação de exceção.

O ofício do primeiro traduz o exercício da liberdade, o do segundo a eliminação mais radical da liberdade de viver. Um, luta contra o sistema, o outro, é o eixo silencioso em redor do qual a terrível roda do sistema se move. Um é um artista da vida, o outro um burocrata da morte.

 

Desse encontro se desenvolve a peça sem se deixar levar por nenhum tipo de maniqueísmo. O diálogo deixa de lado qualquer ideologismo e caminha para uma dimensão do próprio entendimento do sentido dessas nossas vidas. Os personagens, surpreendentemente, encaram essa jornada de entendimento que só a proximidade da morte nos proporciona.

 

O espetáculo foi preparado entrando em acordo e participando dessa discussão que o texto de Dürrenmatt propõe. Um espaço íntimo - pois é a nossa intimidade que é brutalmente invadida pelo carrasco - a diversidade de caminhos na clara referência às escadas de Escher e o espaço criativo do escritor são os elementos inspiradores do cenário, que assim como os figurinos, não se fixaram em nenhuma época muito determinada.

 

A Iluminação e a trilha sonora seguem a mesma proposta de se atingir a “menor grandeza” dos elementos utilizados para se potencializar a contundência poética. Ao definir o casting decidimos não aceitar o óbvio e optamos por Ailton Graça para interpretar o Escritor e Celso Frateschi para o papel do Carrasco. No racismo de nossa sociedade, nas nossas primeiras conversas com as pessoas sobre o projeto o contrário era tido como o “natural”.

 

Há trinta anos, Roberto Lage dirigiu uma montagem desse mesmo texto de Dürrenmatt tendo Celso Frateschi como Escritor e Francisco Solano como Carrasco. Frateschi ganhou o prêmio Shell por sua interpretação. Reler o texto em momento tão diferente do nosso país, revela a potência do teatro de Dürrenmatt capaz de iluminar aspectos do humano em épocas tão diferentes.

Ficha Técnica

Texto: Friedrich Durrenmatt

Direção: Roberto Lage

Elenco: Ailton Graça e Celso Frateschi

Cenário e Figurino: Sylvia Moreira

Assistente de Direção: Rodrigo Ramos

Direção de movimento: Vivien Buckup

Cenotécnico: Luis Carlos Rossi

Iluminação: Osvaldo Gazotti e Roberto Lage

Costureira: Judite de Lima

Operação de luz: Osvaldo Gazotti

Debatedores: Welington Andrade e Renan Quinalha
Trilha Original: Daniel Maia

Foto: João Caldas
Projeto Gráfico: T.W.O.
Assessoria de Imprena: Nossa Senhora da Pauta
Administração: Maurício Inafre

Duração: 60 minutos

Classificação: 14 anos - menores somente acompanhados dos pais/responsáveis

ÁGORA TEATRO – Sala Gianni Ratto – Rua Rui Barbosa, 672 – Bela Vista. Informações – (11) 3284-0290. Capacidade – 60 lugares. www.agorateatro.com.br.

 

Meia Entrada: Estudantes, Pessoa com deficiência, Idosos (pessoas com mais de 60 anos) Jovens pertencentes a famílias de baixa renda, com idades de 15 a 29 anos, Diretores, coordenadores pedagógicos, supervisores e titulares de cargos do quadro de apoio das escolas das redes estadual e municipais, Professores da rede pública estadual e das redes municipais de ensino. A concessão do direito ao benefício da meia-entrada é assegurada em 40% (quarenta por cento) do total dos ingressos disponíveis para venda, conforme LEI Nº 12.933, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2013.

Não serão permitidos "documentos digitais", apenas documentos físicos (Ex. carteirinha, boleto, declaração de matricula/escolar e holerite etc.) com data de validade vigente.

Importante: Os vouchers de compra devem ser trocados pelos ingressos na bilheteria com 30 minutos de antecedência do espetáculo (na data adquirida).

Ponto de Venda Sem Taxa de Conveniência: Ágora Teatro

Endereço: Rua Rui Barbosa, 664 - no final da Rua Pedroso - Bela Vista - Bairro: Bela Vista - CEP: 01326-010 - Cidade: São Paulo Tel: (11) 3284 0290

Horário de Funcionamento: Segunda a sexta das 14h00 ás 19h 00; Sábado e Domingo das 16h00 ás 19h00

Estacionamentos Conveniados: Estacionamento (R$ 12,00) na Rua Rui Barbosa, 714 e na Rua Rua Alfredo Elis, 198

Acesso para cadeirantes: Sim

© 2017 Todos os Direitos Reservados - Ágora Teatro